Loading...

terça-feira, 10 de julho de 2012

O que você quer receber?

Olá...

Hoje vou repostar um post do  Blog Depois dos 25 . Já comentei em algum outro momento por aqui sobre esse blog e não teimo repetir... eu super recomendo!

Esse é mais um daqueles blogs que acompanho sempre ( alguns eu nem colo no meu blog roll). Sabe que ás vezes penso que estamos sempre em sintonia de pensamentos e sentimentos. Esse é nosso universo feminino.

Eu poderia colar mil e um post de lá aqui... =)





O que você quer receber?


Quem nunca se sentiu mal quando alguém duvidou ou debochou de seu sonho?
Ontem aconteceu algo que nem quero me dar ao trabalho de registrar aqui. Foi ruim, mas serviu de lição.

Horas antes, eu estava na livraria e peguei um livro chamado “As 10 diferenças entre os milionários e a classe média.” Nem comprei, só abri em uma página e li algo que me serviria quando o fato acima aconteceu.

O autor diz que você deve procurar estar perto de quem vai contribuir para o seu crescimento. Se quer ser rico precisa estar perto de rico. Não porque ele é rico, mas porque ele vai falar de coisas que te levem até onde você quer chegar, naturalmente.
E, à noite, voltando de uma festa, tive essa certeza.

O fracassado só pode te dar fracasso.

O vencedor vai lhe dar estímulo. Porque é isso o que ele tem a oferecer.

Um sedentário vai falar de todas as coisas ruins do esporte. O esportista vai lhe falar de maneiras legais de vencer a preguiça, porque ele também tem, mas vence.

O rico vai lhe falar de dinheiro e bons investimentos. O pobre vai lamentar com você as dívidas.

O feliz vai lhe falar das coisas boas da vida. O deprimido vai lhe falar sobre todas as lamúrias do mundo. Porque é assim que ele vê a vida.

Só externamos o que está dentro de nós.

Quem só sonha e não realiza, vai te dar apenas palavras de desestímulo, porque é assim que ele vê o mundo, sempre desistindo. Sempre enxergando as dificuldades maiores que seus fracassos.


Quer ver a capa do livro?  Então clica aí -->  Capa do livro


                                                      ***



Você quer ser amada pelos outros, mas é uma pessoa fácil???

- Pôxa, vocês nem convidaram a gente! – essa foi a fala de uma amiga.
- Ah, eu só convido uma vez e depois dou mais uma chance e acabou – rebati.

Sabe aquele cara que a turma toda adora? Pense nele, sempre alegre e disposto aceitando os convites da vida. Quando um convite chega, ele mostra que ficou muito feliz por ter sido escolhido por você.

Agora pense naquela pessoa sempre cheia de desculpas. Até para um café na padaria ela vomita justificativas. Até por falta de roupa ela nega um convite. É como se você estivesse lhe oferecendo uma coisa ruim. E assim, deixa passar oportunidades e afinidades.

Tem coisa mais chata que você fazer um convite a uma pessoa e ela te passar toda sua agenda atribulada para justificar a ausência? Como se dissesse: desculpe se a sua é assim, tão vazia…

A vida de todos está cheia de compromissos, mas tenho encontrado no caminho pessoas tão fáceis de lidar. A Karol do Discutindo a Relação é uma delas, e Geórgia (da foto) ainda mais. Até quando não podem respondem com um sorriso ou uma solução. Dá vontade de convidar sempre, estar perto.

Num mundo onde as pessoas estão cada dia prestando menos atenção no outro, as festas estão cada dia mais fechadas e os amigos poucos, as pessoas buscam amor a todo custo. E quando você é escolhida o que faz? Tem atitudes que mostram ao outro que você é chato! Cheio de problemas, compromissos muito mais especiais. Dizer não quando não pode é obrigação, mas há uma diferença entre não aceitar e rejeitar.

Assim fica a dica para a semana… Você quer ser amada pelos outros, mas é uma pessoa fácil?



                                                                   ***






O que você NÃO  quer ser e seguir?


Às vezes a vida nos coloca tantos desafios que vamos nos perdendo. Vamos nos deixando levar, porque por mais esforço que a gente faça, algo nos dá uma rasteira. Por vezes esse “algo” traiçoeiro somos nós mesmas.
A gente vai se adaptando a tantas situações que um dia a gente está nua para entrar no banho, olha no espelho e enxerga um saco cheio de tudo o “que deu para ser.” E a gente acaba realmente acreditando que a vida é desse jeito.
Talvez por não ter mais fé em si mesma ou não saber como fazer diferente a gente perde mais tempo se convencendo de que a vida é desse jeito do que buscando uma maneira de fazer diferente.
É difícil mudar, na verdade o difícil não é mudar, mas encontrar um caminho que nos dê garantia de que “dessa vez” tudo será diferente.
Por isso, o melhor não é buscar o caminho a seguir, mas fazer uma lista do que você “não” quer ser ou continuar sendo.
Permita-se escrever, divagar, perder tempo no banho pensando em tudo o que “não” vai entrar na sua vida profissional, na sua vida pessoal.
Sabendo o que “não” queremos fica mais fácil avaliar o caminho a tomar, a mudança que vale o esforço.
Por isso, hoje, segunda-feira, dê esse presente a si mesma e escreva as 10 direções que você não quer tomar na vida: pessoal e profissional.
O que você NÃO quer ser e seguir?

                                                                          ****


Existem coisas mais graciosas que essas???

Fotos tiradas no dia do Arraial com as Crianças do Instituto da Família






Eu me apaixonei na hora =) . Acho que todos tiveram a mesma experiência.








Nenhum comentário:

Postar um comentário