Loading...

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Evolução

Cadê as inspirações??? Foram tantas durante o dia e que se não as anoto elas simplesmente se vão, da mesma forma como elas surgiram.


...

E fico assim, meio que a patinar nessa imensidão branca que eh a minha caixa de texto antes de postar e que me lembra um grande ring de patinação, no gelo,claro. Rsrsrsrsrs.

Não sei se já disse aqui, mas gosto muito de patinação no gelo. E  isso me remete a muitos anos quando passei quase todos os dias de umas  férias indo patinar no shopping, dia sim, dia não. Oh época boa.

Época em que não havia preocupações ou as mesmas só seriam sobre que roupa vestir e sobre se o Drick, o instrutor , estaria lá ou não, rsrsr.

Lembrei-me da Ju agora, minha grande companheira, se não fosse por ela com certeza minhas férias não teriam acontecido daquela forma. E me pergunto por onde andará minha querida Ju.
O tempo passou, eu mudei de bairro, eu cresci, ela cresceu, fez sua faculdade, namorou , casou (até onde sei) e o inevitável aconteceu, perdemos o contato.

A vida funciona bem dessa forma mesmo... tem coisas que precisam ser constantemente regadas e cuidadas, porque senão elas morrem ou simplesmente passam... não porque deixaram de ser especiais, mas porque a vida as levou desse modo. Amizade precisa ser cuidada , amizade precisa da presença, senão tudo muda.
Dou graças a Deus pela Linee ser aquela que sempre vem atras , porque se ela deixasse essa parte nas minhas mãos, provavelmente não seriamos as amigas que somos hoje em dia.

Sim, é necessário um esforço... para o contato, para o diálogo, para a partilha, para a presença. Repito a presença é muito importante. Fazer-se presente faz toda a diferença.


********



Não sei o que me fez acreditar que deixarias de tocar

Essa vida faz vir à tona tantas recordações. Acho que por isso deve ser tão gostoso viver.

Lembrava-me, mais cedo, de outros bons momentos ... de uma outra boa época, onde também muita coisa boa aconteceu. Recordo dos meus desejos, pedidos ... e tanta coisa  que aconteceu, rsrsrs.
Querer tanto algo e na primeira semaninha de aula lá estava eu naquele churrasco, com aquelas pessoas, naquela casa, sendo recepcionada por àquela pessoa. Tempos depois entrando no carro daquela pessoa... kkkk, parece besteira e insignificante,mas naquele momento não foi, foram detalhes que foram especiais para o momento e para tudo que vivi antes e durante. Como costumo dizer... foi bom o sítio, o violão, o sentir-se de casa, sentir-se bem vinda naquele lugar, com aquelas pessoas. Foram algumas/ várias idas àquele lugar, àquela casa que me recordo bem, a única aula de violão, o dia do festival de pizza que ele mesmo fizera, o dia do show do Planta e Raiz, sim, eu me lembro. O primeiro cala boca e beija logo, rsrsrs. O cachorro que agarrara meu pé ( filhote brincando, mas um filhote bem grande por sinal) e a pessoa tentando tirar o dito cujo de cima de mim e mau sabia eu que o próprio tinha certo medo do bendito cachorro. Rsrsrss, ah se eu tivesse sabido disso na hora.

Detalhes, detalhes e muitos detalhes que eu não poderia colocar aqui.

Eu gosto dos detalhes. Acho que já deu para perceber isso.

Taí... mais um outro tanto de flashs de um tempo gostoso. Sim recordar é gostoso.


Só lembrei disso tudo porque descobri por um caso que ele está tocando de novo, na verdade eu pensei que ele tivesse parado, mas vejo que me enganei. Então, descobrir isso por um caso, fez vir à tona uma montanha de pequenas recordações.

Recordar, não significa que vc continua sentindo aquelas coisas, não significa que tenha os mesmos sentimentos, mas sim que vc sabe que teve momentos relevantes, que foram especiais em um dado momento  e que é natural que eles ressurjam em algum outro momento. E digo mais, isso é ser humano.   Em minhas veias corre sentimentos ,emoções. Não sou fria. =)

Se foi importante para mim, então gravado em mim está. E não me interessa se as outras pessoas não guardaram as mesmas recordações que eu. Isso já me preocupou um dia, mas hoje não mais. O que importa é que foram relevantes a mim.

Não devo mais me preocupar se estou certa ou se estou errada...
se há correspondência de sentimentos ou não
esse por menores  que muitas vezes só atrapalham eu deixo para lá.
Ninguém é obrigado a enxergar o mundo da forma como eu o enxergo...
Isso é um privilégio meu e tão somente meu e se alguém me acompanhar, aí sim devo me alegrar, mas me preocupar nunca.


Bonsoir. =)


Evoluindo os sentimentos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário